PUBLICIDADE

Topo

Ano Novo: 6 resoluções para 2020 sobre moda e estilo pessoal

Ana Aoun

30/12/2019 04h00

Eu poderia estar aqui escrevendo um post com dicas do que usar na virada do ano, sobre o que é tendência para vestir no Réveillon, etc e tal.

Mas, ao invés disso, resolvi falar sobre objetivos para 2020 em relação à moda e estilo. À sua moda e estilo, mais precisamente.

"Como eu gostaria de ser vista?" é uma pergunta importante a se fazer ao escolher um look (Foto: iStock)

O que você pode fazer para encontrar definitivamente o caminho para se vestir melhor, com mais facilidade? E, dentro de todas as tendências de moda que vêm e vão, como respeitar seu estilo e gosto pessoal e deixar sua marca no quesito vestir? Como dar aquele "upgrade" na sua própria imagem para alcançar seus objetivos?

Veja também:

Veja estas dicas e trace suas metas para o próximo ano:

1 – Observação

O ato de vestir não pode "entrar no piloto automático". Pelo menos não até você ter um armário que é super a sua cara e onde tudo combina com tudo. E isso é um longo processo. Por isso, para começar a trilhar um caminho que resulte nisso, observe-se. Do que você realmente gosta? O que gosta de usar? O que procura na hora de se vestir? Só observando e fazendo uma análise de seus hábitos e escolhas diárias é que encontraremos as respostas.

2 – Otimização

Pelo menos uma vez por ano, é necessário fazer uma triagem no armário. Usou bastante? Quantas vezes? Faz diferença? Serve? Vale a pena ficar? E aí, precisa praticar o desapego. É um trabalho braçal e cansativo? É. Mas, que dá um alívio ver pendurado e dobrado só o que a gente ama e usa, ah isso é! Fora que melhora todo o fluxo na hora de montar um look, já que você encontra fácil as peças e acessórios. O que a gente não vê, a gente não usa! Fato!

Seja generosa consigo mesma ao fazer um exame de autoimagem para explorar seus pontos fortes (Foto: iStock)

3 – Autoimagem

Corra para a frente do espelho, nua, de lingerie ou de roupa de ginástica. Analise sua imagem. Seja generosa nesse olhar. Sempre temos partes do corpo que gostamos mais e outras menos, com todo mundo é assim. Mas, se o seu quadril é mais avantajado e você não curte tanto, já reparou nas suas pernas? E no seu cabelo? Tire o olhar viciado daquilo que desagrada e comece a focar no que agrada. Só assim, vai aprender a valorizar o que tem de melhor.

4 – Materiais e cores

Aposto que essa cena já aconteceu com você: entra na loja, pede para experimentar uma peça, entra no provador e vem literalmente uma "chuva" de opções daquilo, variando cores e materiais distintos. "E agora? Qual eu levo?" Conhecer as cores que mais valorizam sua beleza (por meio de uma análise de coloração pessoal) ajuda bastante a fazer escolhas mais assertivas, além do apoio de uma consultora de estilo para ajudar a decifrar suas preferências em relação a tecidos e outros materiais.

5 – Pasta de referências

Somos bombardeados por informação de moda e estilo todos os dias. Isso tem o lado bom e o ruim. O bom é que sempre temos novas ideias de como usar e combinar as peças. O ruim é que, se não sabemos exatamente qual imagem queremos passar, se vestir para atingir um objetivo pode ficar mais confuso com tanta referência espalhada por aí. Portanto, a dica é: foco e adequação. Siga perfis compatíveis com seu gosto, estilo, conta bancária e tipo físico e crie pastas no celular, Instagram e Pinterest para consultar sempre que precisar de uma ajudinha.

Autoconhecimento é essencial para ser fiel ao seu gosto pessoal e, com isso, imprimir uma marca (Foto: iStock)

– Consumo consciente

Depois que você enfrentar todo esse processo, que é de autoconhecimento, é chegada a hora de criar uma lista de prioridades, de coisas que você precisa realmente comprar no curto, médio e longo prazos — e, com isso, adotar uma postura de compras mais conscientes. Se seguir essa lista à risca, com certeza vai evitar compras por impulso, que sejam "mais do mesmo" ou até desnecessárias.

Preparada para cuidar da imagem e do estilo pessoal em 2020?

Para mais informação de moda prática e do dia a dia, acesse o meu Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Ana Aoun é consultora de imagem, personal stylist e jornalista apaixonada pelo universo feminino. Pós-graduada em Linguagem no Jornalismo Online, volta ao UOL, onde já trabalhou em diversas editorias, após uma pausa para se dedicar à maternidade e à família. Acredita que o autoconhecimento é a maior arma para elevar a autoestima e alcançar a tão sonhada paz com o espelho. Procura desmistificar a consultoria de imagem escrevendo sobre o tema e disseminando a ideia de que um guarda-roupa abriga muito mais que peças de roupas e acessórios - ele ajuda a mostrarmos ao mundo quem realmente somos.

Sobre o blog

Dicas sobre como se vestir bem respeitando quem se é, de forma atemporal, de acordo com os diferentes tipos físicos e estilos, para todas as ocasiões (com ou sem dress code definido). Matérias sobre as novidades das vitrines e das ruas, do que já passou da tendência das passarelas para a moda validada do dia a dia. Exemplos de como uma peça de roupa adequada, uma cor que favorece ou um acessório oportuno podem levantar qualquer look - e qualquer imagem!

Blog da Ana Aoun