PUBLICIDADE

Topo

Quer usar mais cores no visual? Aposte em uma dessas quatro combinações

Ana Aoun

04/12/2017 07h00

Você está achando seus looks meio sem graça, com algo a menos, mas que você também não sabe bem o que é?

Pode ser falta de cor! Na correria do dia a dia, fica muito mais fácil combinar peças de cores básicas e neutras — e acertar — do que apostar em um visual mais colorido — e correr o risco de errar.

Na consultoria de imagem, trabalhamos com a ajuda das harmonias cromáticas para introduzir cores nos looks de clientes.

Usamos o círculo cromático, um instrumento que representa as cores que o olho humano consegue reproduzir, além da paleta de cores individual — essa adquirida apenas com um teste específico sobre o qual vou falar em outro post — para combinar as cores de forma ordenada.

Conheça agora quais são as principais harmonias:

Monocromática

O nome dessa harmonia já diz tudo: são peças — e muitas vezes também os acessórios — de uma cor só. Ou, no máximo, um tom sobre outro. O clássico preto total entra nessa categoria. Mas nada impede que você monte um look todo verde, por exemplo, ou de qualquer outra cor de que goste. Com tantas possibilidades, dá para ousar bastante!

Análoga

Um look análogo é resultado da combinação de duas ou mais cores "vizinhas" no círculo cromático. Uma combinação dessas pode ser fria (com azul, verde e roxo) ou quente (com vermelho, laranja e amarelo). É uma ótima alternativa para começar a se arriscar nos looks mais coloridos — e manter a elegância.

Complementar

Harmonias complementares são aquelas que usam cores opostas no círculo cromático, como rosa com verde, laranja com azul, roxo com amarelo — uma quente e uma fria. Pode assustar um pouco as mais conservadoras, mas dá para brincar bastante e o resultado continuar harmônico. E, claro, mais ousado.

Bicolor

A única harmonia não identificável no círculo cromático — mas bastante comum na nossa rotina — é a bicolor, formada pelo combo preto e branco. Além dessas, também entram nesta categoria o preto e o branco combinados a uma outra cor. É elegante por excelência, eternizada pela estilista Coco Chanel.

Ainda é possível montar harmonias mais ousadas, com mais cores, como a tríade ou equilateral (uma cor quente e duas cores frias; ou uma cor fria e duas quentes — formando um triângulo equilátero no círculo cromático).

Combine com a sua personalidade, gosto pessoal e objetivo de imagem, ou seja, a mensagem que você quer passar. Leve tudo isso em consideração e escolha a sua harmonia ideal!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Ana Aoun é consultora de imagem, personal stylist e jornalista apaixonada pelo universo feminino. Pós-graduada em Linguagem no Jornalismo Online, volta ao UOL, onde já trabalhou em diversas editorias, após uma pausa para se dedicar à maternidade e à família. Acredita que o autoconhecimento é a maior arma para elevar a autoestima e alcançar a tão sonhada paz com o espelho. Procura desmistificar a consultoria de imagem escrevendo sobre o tema e disseminando a ideia de que um guarda-roupa abriga muito mais que peças de roupas e acessórios - ele ajuda a mostrarmos ao mundo quem realmente somos.

Sobre o blog

Dicas sobre como se vestir bem respeitando quem se é, de forma atemporal, de acordo com os diferentes tipos físicos e estilos, para todas as ocasiões (com ou sem dress code definido). Matérias sobre as novidades das vitrines e das ruas, do que já passou da tendência das passarelas para a moda validada do dia a dia. Exemplos de como uma peça de roupa adequada, uma cor que favorece ou um acessório oportuno podem levantar qualquer look - e qualquer imagem!

Blog da Ana Aoun